Notícias

Dia dos Pais registra pior desempenho dos últimos 10 anos

17 de agosto de 2016

da Redação

De acordo com um levantamento feito pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo (Sindilojas-SP), o Dia dos Pais deste ano quase gerou prejuízo para o varejo da capital (SP). Na mesma linha apresentada por outros órgãos pesquisadores – como a CNC e o Indicador Serasa Experian – o sindicato identificou que esta última edição da data registrou o pior desempenho dos últimos 10 anos.

Durante a semana que antecedeu a ocasião (8 a 13 de agosto), as vendas caíram mais de 8% em comparação ao mesmo período do ano passado (3 a 8 de agosto de 2015). No próprio fim de semana correspondente à data (13 e 14 de agosto), o recuo girou em torno dos 9% dentro do mesmo padrão comparativo.

Segundo os consultores do Sindilojas-SP, fatores como inflação e desemprego vêm afetando drasticamente as datas comerciais do ano. O Dia das Mães, por exemplo, quase sempre forte e impulsionador, registrou este ano um desempenho bem inferior ao computado em suas últimas cinco edições (de 2010 a 2015). O Dia dos Namorados, idem: teve sua pior edição desde 2013.

Processo sutil de retomada – De todo modo, indicadores vêm mostrando desde maio deste ano que o varejo brasileiro, independentemente do reforço comumente prestado pelas datas comerciais, vem se recuperando de forma bastante gradual e sutil. O volume de vendas diário tem apresentado certo avanço, muito em função das estratégias promocionais e descontos que os comerciantes, em geral, têm adotado para atrair mais consumidores para dentro de seus estabelecimentos.

“É a forma que muitos lojistas encontraram para manter seus empreendimentos em um nível salutar de atividade. Em tempos de crise, é preciso se reinventar e, dependendo das circunstâncias, repensar fatores como condições de pagamento e até mesmo preços fechados. O momento pede flexibilização dos lojistas”, explica o presidente do Sindilojas-SP, Ruy Nazarian.

MAIS NOTÍCIAS