Representatividade

Empresários no limite

9 de abril de 2018

Empresários, no limite, não suportam mais obrigações que comprometam seus recursos financeiros

O Sindilojas-SP acompanha de perto as dificuldades dos empresários em tentar manter as empresas em funcionamento, garantindo assim o emprego de milhares de brasileiros.

Recentemente, ao se depararem com a Portaria CAT nº 8 de 06/02/2018, Art. 25 que diz que “o contribuinte obrigado à emissão de CF-e-SAT deverá dispor de equipamentos SAT de reserva ativados para atender aos casos de contingência”, manifestaram severa preocupação, uma vez que seus recursos financeiros disponíveis não atendem ao que foi determinado pela legislação.

“Sabemos que a retomada do crescimento levará algum tempo, e essa obrigatoriedade impactará significativamente o comércio varejista” observa Ruy Pedro de Moraes Nazarian, presidente do sindicato.

O alerta emitido pela Sefaz (Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo) orientando que todos os SATS em reserva fossem atualizados pois, caso se passe muito tempo sem utilização os mesmos se tornariam obsoletos, também causou grande aflição nos lojistas que desconhecem como agir.

Com o intuito de zelar pelos interesses de seus representados e visando ajudar os comerciantes em um momento em que o País tenta se recuperar dessa crise econômica, o Sindilojas-SP solicitou o apoio do Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Helcio Tokeshi, ao pleito para que a incontingência do SAT Fiscal seja a Nota Fiscal Manual Modelo 2 e não outro equipamento SAT Fiscal, e que quando utilizada eventualmente, seja obrigatório o registro dessas vendas no SAT Fiscal.

O objetivo do Sindilojas-SP, entidade representativa da categoria econômica que congrega mais de 30 mil empresas do comércio varejista da capital de São Paulo, é que os empresários alcancem o equilíbrio financeiro e possam colaborar com o crescimento do País.

 

Acompanhe outras ações representativas do Sindilojas-SP

Crédito para o lojista é foco do Sindilojas-SP

“Não ao contrabando” tem apoio do Sindilojas-SP

Sindilojas-SP discute com BNDES disponibilidade de linhas de crédito