Representatividade

Parcelamento do ICMS de Natal na mira do Sindilojas

4 de setembro de 2019

Num ano em que o setor do comércio caminha com muita cautela, o Sindilojas-SP mais uma vez se antecipa e pede à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo o parcelamento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de dezembro.

“Sabemos que na época de final de ano há elevação das vendas no comércio. Mas também temos ciência das dificuldades que os empresários vêm enfrentando nos últimos tempos. É fato que grande parte das vendas que ocorrem no período do Natal são feitas a prazo, ou seja, os retornos financeiros não são recebidos de forma imediata, porém, o pagamento dos impostos sobre essas vendas é feito em uma única parcela, o que acaba sendo prejudicial às empresas que necessitam de mais capital de giro. Por essa razão, já estamos solicitando que o ICMS de dezembro seja parcelado” ” explica o presidente do sindicato Ruy Pedro de Moraes Nazarian.

O pleito é para que o ICMS relativo às saídas praticadas do dia 1° ao dia 31° de dezembro de 2019 sejam recolhidos em duas parcelas mensais e consecutivas, com dispensa de juros e multas. A exemplo do que já ocorreu em anos anteriores, e que foi fundamental para o equilíbrio financeiro das empresas, e com o objetivo que os empresários iniciem o ano de 2020 com maior fluxo de caixa, e dessa forma, alavanquem suas operações sem reflexos do ano anterior.

O Sindilojas-SP é uma entidade empresarial representante de 30 mil empresas do comércio lojista e 100 mil empresários da cidade de São Paulo, estabelecidos em Shopping Centers e lojas de rua.