Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted on 14/11/17 in Consultoria jurídica e contábil

Receita Federal bloqueou empresas do Simples

 

A Receita Federal identificou que algumas empresas do Simples Nacional prestaram informações incorretas no PGDAS-D, assinalando sem amparo legal, nos campos de “imunidade”, “isenção/redução cesta básica” ou “lançamento de ofício”, marcações essas que reduziram indevidamente o valor dos tributos a serem pagos, o que ocasionou o bloqueio dessas empresas.

O PGDAS-D é um aplicativo disponível no Portal do Simples Nacional para que mensalmente o contribuinte possa efetuar o cálculo dos tributos e faça a impressão mensal do documento de arrecadação (DAS).

As empresas do Simples que se encontrarem nessa situação, serão informadas ao acessar o PGDAS-D para gerar o imposto mensal, podendo se autorregularizar retificando as declarações e pagando os impostos, evitando assim penalidades mais severas como, por exemplo, a exclusão do regime tributário.

Ressaltamos atenção nas informações enviadas, evitando cair no sistema de malha fina. A Receita tem feito diversos investimentos para apurar fraudes nas informações prestadas pelas empresas por meio de declarações apresentadas.

Dúvidas? Fale conosco: 11 2858 8400 | faleconosco@sindilojas-sp.org.br

Visite nosso Portal de Benefícios | Visite nossa página no Facebook