Representatividade

Sindilojas-SP discute com BNDES disponibilidade de linhas de crédito

14 de março de 2018

Na foto, da esquerda para direita, Caio Brito de Azevedo (BNDES), Marcelo Carvalho (Sindilojas-SP), Roger Vocos (BNDES), Ruy Pedro de Moraes Nazarian (Sindilojas-SP), Guilherme Castanho Franco Montoro (BNDES), Aldo Macri (Sindilojas-SP).

Preocupado com a falta de financiamento e crédito, em especial para os pequenos empresários do setor lojista, o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo (Sindilojas-SP), Ruy Pedro de Moraes Nazarian, e os diretores Marcelo Carvalho e Aldo Macri se reuniram com representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Guilherme Castanho Franco Montoro, Caio Brito de Azevedo e Roger Vocos, solicitando atenção especial ao setor.

A entidade acredita que se faz necessário um olhar atento por parte do BNDES para a concessão de linhas de créditos para as Pequenas e Médias Empresas do comércio lojista, em especial nesse delicado momento de instabilidade do cenário nacional.

Para o Sindilojas-SP, as atuais linhas de crédito disponíveis no mercado para Capital de Giro são inacessíveis a grande parte de seus representados, principalmente em face da elevada burocracia e exigências dos estabelecimentos bancários e de crédito.

Guilherme Montoro falou  sobre os projetos que o BNDES tem desenvolvido nesse sentido e que devem gerar novidades para os próximos meses. Também mostrou interesse na proximidade do Sindilojas-SP e com a possibilidade de avançar com uma parceria que facilite o acesso dos produtos do banco ao pequeno empreendedor.