Representatividade

Sindilojas-SP no combate ao comércio irregular

26 de novembro de 2018

Entidade recebeu denúncias de lojistas da rua 25 de Março e da Avenida Rangel Pestana

Há muitos anos, o Sindilojas-SP chama a atenção das autoridades responsáveis para o comércio irregular. “Esse problema é gravíssimo, vez que são enormes os inconvenientes da precária atividade dos vendedores ambulantes, concentrados em todas as regiões desta cidade” explica Ruy Pedro de Moraes Nazarian, presidente do sindicato.

A entidade recebeu de lojistas situados na Rua 25 de Março, perto da esquina com a Ladeira Porto Geral, e também da Avenida Rangel Pestana, denúncias sobre comércio irregular e solicita à prefeitura, regionais dos respectivos bairros, secretaria das subprefeituras e Guarda Civil Metropolitana a intensificação da fiscalização do comércio informal.

O comércio desempenha papel altamente importante na economia do país, arca com pesados tributos e encargos sociais, gera milhares de empregos e vê com muita apreensão nas ruas, o aumento do comércio de produtos de procedência duvidosa, sem recolhimento de impostos e muitos, frutos de produtos piratas.

Esses ambulantes vêm prejudicando os comerciantes regularmente constituídos que pagam seus impostos em dia, aluguel do imóvel locado, a folha de pagamento de seus empregados registrados e todos os encargos trabalhistas e previdenciários, pois estão comercializando produtos semelhantes aos vendidos pelos lojistas, sem a emissão de nota fiscal ou qualquer tipo de garantia para o consumidor.

“Diante dessa concorrência desleal, esses lojistas vêm sofrendo com a enorme queda nas vendas e, consequentemente, no faturamento da empresa”, completa Nazarian.

Para o Sindilojas-SP, a intensificação da fiscalização é de extrema importância para a revitalização dos centros comerciais e urbanos, resgatando uma paisagem condizente com a de uma metrópole como São Paulo.

 

Sobre o Sindilojas-SP

O Sindilojas-SP é uma entidade empresarial representante de 30 mil empresas do comércio lojista e 100 mil empresários da cidade de São Paulo, estabelecidos em Shopping Centers e lojas de rua.

Conheça mais sobre a atuação do Sindilojas-SP