Gestão

E-Commerce: Dicas de engajamento do consumidor

3 de novembro de 2022

As visíveis mudanças na forma como o varejo se relaciona com os consumidores tem demonstrado que o investimento em engajamento digital se faz indispensável para a expansão de um negócio e a maneira como isso é realizado é determinante para o sucesso.

Números recentes indicam que empresas que investiram de maneira exponencial na comunicação via plataformas digitais obtiveram um crescimento de 95% em média, no Brasil, de acordo com o Relatório do Engajamento do Cliente, publicado pela “Twilio”, em março desse ano.

No entanto, o comércio varejista ainda tem um grande desafio para vencer: menos de 2% do tráfego de um site ou aplicativo é convertido em vendas, conforme pesquisas realizadas pelo E-commerce Brasil quanto pela Experian Hitwise, e isso se deve, de acordo com o levantamento, porque boa parte dos lojistas ainda não conhecem e tampouco utilizam tecnologias determinantes para o crescimento e destaque do varejo.

Com os conceitos sobre a importância da fidelização de clientes ganhando cada vez mais força, valer-se das principais ferramentas disponíveis nos meios digitais, que possibilitam efetuar um atendimento rápido, humanizado e eficiente é a chave para esse engajamento.

Os cinco pontos

1- Consumidor conectado – Não importa se o comércio é físico,  a loja precisa estar no ambiente online e realizar ações virtuais de relacionamento, pois as pessoas buscam na internet as informações sobre os produtos e serviços que desejam, por ser mais fácil e adequado à sua rotina

2- Comportamento do consumidor – As lojas devem estar ligadas nas pesquisas e tendências de consumo, conhecendo bem o consumidor, para antecipar os produtos e serviços que ele deseja e necessita. Para isso, há ferramentas que mapeiam e identificam essas tendências, muitas delas bem acessíveis. Essas ações tendem a gerar confiança e autoridade por parte da sua loja ao consumidor.

3 – Programas de engajamento e reengajamento – Invista em estratégias relacionadas a programas de vantagens que criam bonificações e estímulos de recompra, como, por exemplo, em cupons de descontos que crescem à cada nova compra. As pessoas sempre procuram por vantagens e benefícios, e, por isso, oferecer cartões de fidelidade ou de pontuação, pode ser um bom negócio.

4 – Comunicação contínua – Dialogar constantemente com o seu cliente, por diversos canais, é essencial para estabelecer proximidade com ele, fortalecendo a identidade visual da marca na mente do consumidor.

5 – 60% online, 40% offline – Dependendo da faixa etária do seu público, o marketing mais convencional, aquele cujas operações comercias se dão através da ida à loja física, no contato com o produto e com o vendedor, não pode ser deixado de lado. No caso de consumidores mais jovens, a lógica se inverte, e o negócio é antecipar necessidades, com ênfase nos meios digitais, pois quem entregar mais rápido uma solução, estará em vantagem.

 

Seja ASSOCIADO ao Sindilojas-SP e tenha mais SEGURANÇA e ECONOMIA para sua empresa

Ligue 11 2858-8400,  FALE CONOSCO  ou ainda pelo WhatsApp 11 2858-8402

 

×

Olá!

Clique no logo abaixo para conversar pelo WhatsApp com o Sindilojas-SP ou envie um email para faleconosco@sindilojas-sp.org.br

× Como posso te ajudar?