Gestão

10 dicas matadoras para pet shops fidelizarem clientes

11 de junho de 2018

 

Tão importante quanto prospectar novos clientes é manter os antigos. As empresas que se preocupam apenas em conquistar o desejo de compra daqueles que ainda não consumiram em seu estabelecimento, e esquecem de perpetuar o daqueles que já tiveram alguma experiência, perdem ótimas oportunidades de negócios. Manter a satisfação do consumidor é importante tanto para que ele retorne ao estabelecimento, quanto para que ele o divulgue.

E pensando sobre isso, desenvolvemos este post com 10 dicas matadoras para fidelizar clientes no seu pet shop. Confira!

1. Interaja com os animais na frente dos clientes

Alguns dos serviços oferecidos no pet shop exigem que os funcionários tenham contato direto com os animais, como em banhos e tosas, por exemplo. Em momentos como estes, é importante que os colaboradores tenham um contato direto com os bichos para que tanto eles quanto os donos sintam-se bem no ambiente. Demostrar carinho, cuidado e atenção fará com que os clientes tenham segurança em deixar seus animais com os profissionais, assim como os pets se sentirão tranquilos longe de seus donos.

2. Desenvolva programas de fidelidade

Quando falamos em programas de fidelidade, é preciso que os gestores de pet shops tenham em mente que é fundamental desenvolver uma ação que seja realmente funcional e que traga benefícios ao cliente e a seu bicho de estimação. É preciso também que a empresa descreva as políticas de participação e as entregue aos responsáveis pelos animais, para que eles fiquem atentos sobre todos os tópicos. E o mais importante: se foi proposta uma ação de fidelização, é preciso corresponder fielmente à expectativa criada para que os resultados sejam positivos.

Existem diversas opções de programas de fidelidade. Podem ser mais simples, como cadastrar o email do cliente na base e dar recados importantes: lembrar a data da próxima vacina, sugerir produtos baseados no gosto do consumidor, etc. Outra opção é nutrir o relacionamento com o cliente que já está fidelizado. Dar um tratamento vip com descontos personalizados e oferecer brindes no dia do aniversario dele ou do pet vão fazer com que nem passe pela cabeça do cliente comprar em outra loja.

3. Gerencie o relacionamento com os clientes

É preciso conhecer o perfil dos clientes e de seus animais para que seja possível criar um bom relacionamento com eles. Gerir esta relação é essencial para fidelizá-los e para perpetuar a experiência de prestação de serviços com eles, gerando mais receita para o seu petshop. E para ter todas as informações de maneira otimizada, conte com o apoio de um software de gestão. Com ele, você terá todos os dados organizados de maneira prática, permitindo que você e sua equipe façam uma gestão eficiente do relacionamento — e das demandas — dos clientes.

Quer um exemplo? Com um sistema de gestão você consegue identificar quais são os produtos que o cliente X mais compra e mandar um email com ofertas personalizadas só para ele. Com certeza ele irá comprar o que for necessário para o pet na sua loja.

4. Ofereça serviços delivery

Um dos grandes diferenciais que podem ser oferecidos pelos pet shops são os serviços delivery de produtos. Comidas, remédios, petiscos e, até mesmo, brinquedos, podem ser oferecidos em catálogos, por telefone e até pela internet. Outro serviço que otimiza muito o dia a dia dos clientes é aquele relativo à busca e entrega dos bichos em casa para banho e tosa. O que facilita a prestação de serviços e a venda de produtos, mesmo que isso acarrete uns gastos a mais, com certeza fidelizará os clientes de seu empreendimento.

5. Seja mais do que só educado no atendimento

Claro que um bom atendimento está atrelado com a maneira que o cliente é tratado no pet shop. Só a educação não basta para que o consumidor se fidelize a sua loja. Ofereça sempre algo a mais. Esteja disposto a ajudar, tire todas as dúvidas dos clientes, não deixe o atendimento “forçado”, ouça o consumidor e procure resolver o problema dele com calma e eficácia. Essas atitudes simples farão toda diferença no seu atendimento.

6. Faça pesquisa de satisfação

Chega um momento que a empresa fica estagnada e o empreendedor sente que precisa mudar algo no funcionamento para que ela volte a crescer. Mas como saber o que pode ser melhorado no seu negócio? Ouvir a opinião da clientela pode ser uma saída para esse problema.

A pesquisa de satisfação pode ser manual ou online, Nela você deve perguntar o que os clientes pensam sobre o atendimento, produtos e serviços oferecidos, além de questionar se há críticas ou sugestões.

Depois de um tempo, veja o resultado da pesquisa e avalie quais medidas serão necessárias para colocar em prática as melhorias solicitadas.

7. Invista nos seus funcionários

Seus clientes e os pets têm contato direto com seus funcionários. Para que o consumidor seja fidelizado, o atendimento e todos os serviços prestados devem ser impecáveis.

Escolher profissionais qualificados para realizar as funções diárias e investir em treinamentos irão gerar resultados positivos para você e a clientela. Promover um ambiente de trabalho agradável e com boas condições motivará os colaboradores a trabalharem melhor.

Além de ajudar na execução das tarefas, os treinamentos também devem ensinar os funcionários particularidades e detalhes sobre os produtos e serviços. Quando o cliente quer tirar uma dúvida com o vendedor ou atendente, ele precisa saber responder. Isso demonstra autoridade no assunto e gera confiança.

8. Disponibilize mais canais de comunicação

Faça um estudo de público alvo e descubra quais são os meios de comunicação que seus clientes mais utilizam. É importante estar onde seu consumidor está. Se na pesquisa foi constatado que a maioria dos seus clientes usa o Facebook, faça uma página na rede social e use o Messenger para mandar e receber mensagens, além de se comunicar por email e telefone.

Com a pesquisa você consegue adequar sua empresa ao perfil do cliente sem perder a qualidade no atendimento.

9. Foque nos clientes que se identificam com o seu perfil empresarial

Um dos objetivos do pet shop é conseguir aumentar suas vendassempre que possível. Existem diversos perfis de clientes, com gostos, preferências e exigências diferentes. Não adianta focar em uma classe mais elevada se seu pet shop não oferece serviços e produtos gourmet, por exemplo.

Como já foi fito anteriormente, o estudo de público alvo irá te ajudar a definir quem são seus clientes para que você elabore ações de marketing que encantem apenas o perfil desejado.

10. Mantenha sua palavra

Muitas empresas já perderam clientes por prometerem algo e não cumpriram. Eles se sentem enganados e não pensam duas vezes em trocar de pet shop.

Se atente aos mínimos detalhes e não esqueça dos seus compromissos. Anote em uma agenda ou planilha para não esquecer de datas e do que precisa ser dito ou disponibilizado para o consumidor.

 

Fonte: Vetus