Gestão

5 passos para uma vitrine de sucesso no Natal

23 de novembro de 2018

A principal data do varejo, não importa qual seja o seu segmento, está se aproximando, o Natal! É o momento em que o fluxo de clientes aumenta, o otimismo predomina, a lista de presentes ressurge e todos querem celebrar. Por isso é de extrema importância que o lojista esteja preparado para atrair, atender bem e vender para esses clientes. Sabemos que um dos motivos para que o cliente escolha entrar numa loja é a vitrine, a forma como está se comunicando e encantando quem passa diante do estabelecimento.  Para que você não perca essa oportunidade e aproveite a data para vender mais, indicamos 5 passos para uma vitrine de Natal de sucesso:

Conheça nosssa parceria e aproveite desconto de 30% para dar mais charme para sua vitrine e aperfeiçoar o visual da sua loja!

 

Passo 01: PLANEJAR

Primeiro passo é fazer o planejamento e definir uma estratégia para a vitrine. No planejamento deve constar a data que a vitrine estará pronta, quem vai fazer a montagem, budget e os possíveis estilos: comercial, conceitual ou instagramável;

Data: ficar pronta ao menos 30 dias antes da data festiva. Isso implica definir quantos dias são necessários para cada etapa, assim tudo ficará pronto a tempo;

Quem vai montar: a loja vai contratar um prestador de serviços, um vitrinista, ou vai usar a própria equipe? O nível de dificuldade na criação pode começar a se definir aqui;

Budget: Qual a disponibilidade de verba para a vitrine, incluindo materiais e pessoas envolvidas. Claro que a criatividade é um diferencial, é possível fazer vitrines incríveis gastando pouco;

Objetivos:

Comercial: quando o foco será maior nos produtos e prática de preço;

Conceitual: para vitrines que vendem além de produtos, o conceito e propósito da marca,  contam historias com apelo emocional forte;

Instagramável: essa é a novidade do momento. Além de ter uma loja com locais onde os clientes amam fazer selfies, a vitrine passa a ser um espaço para essa ocasião. O consumidor pode entrar na vitrine, passa a fazer parte do cenário e o clique roda o mundo através das redes sociais;

Um planejamento bem feito já garante parte do sucesso. Quem não sabe qual caminho seguir, dificilmente consegue alcançar o objetivo.

 

Passo 02: ESCOLHER OS PRODUTOS

No passo anterior, um dos itens era definir os objetivos da vitrine. Os objetivos, sejam eles: comercial, conceitual ou instagramável, têm sempre a venda de algum produto ou serviço incluso.

A curadoria dos produtos que serão vendidos no período de Natal é então o segundo passo para uma vitrine de sucesso. Avalie se o produto tem sinergia  com a data, sua marca e a estação, e se faz parte do estilo de vida dos clientes. Também é necessário avaliar se haverá quantidade suficiente em estoque para atender o aumento da demanda. Caso não tenha produtos suficientes,  programe quando e quanto deve ser solicitado aos fornecedores para abastecer a loja. Não adianta uma vitrine encantadora se os produtos não estão à altura e os estoques estão vazios.

 

Passo 03: CRIAR A VITRINE

O próximo passo é criar a vitrine e todos os elementos que vão fazer parte do cenário. Para cada data do varejo ou tema ha alguns ícones e cores que reforçam as histórias que estão sendo contadas pela cenografia da vitrine. No Natal, os elementos mais conhecidos são: árvore de natal, sinos, neve, cores vermelho e verde, dourado, prateado, bolas, sinos, bengalas, renas, papai noel, enfim…inúmeros ícones que podem ser usados sem problema algum. Porém, como esta data é a mais trabalhada nas vitrines, é importante ser bastante criativo para ambientar sem usar os ícones de forma muito óbvia. Cabe aqui sinalizar que a criatividade é o grande diferencial entre a vitrine de uma loja e outra e qual vai encantar mais o consumidor.

Ao criar o cenário, por se tratar de um tema que em geral usa cores fortes, brilho e que pode se destacar mais do que o produto, faça da seguinte forma:

* Um desenho ou esquema prévio de como está imaginando a vitrine;

* Teste os materiais que estão sendo definidos para a cenografia, peça amostras, coloque dentro da vitrine e veja como se comporta e qual o efeito;

* Detalhe tudo que será usado, incluindo os produtos, assim não terá surpresas na hora da montagem;

* Confira como está a estrutura da vitrine: pintura geral das paredes, manutenção do piso, iluminação e limpeza;

* Veja se tudo está em harmonia e equilíbrio, nem muito cheia, poluindo, e nem vazia, a ponto de empobrecer o visual.

Nesse passo a imaginação e criatividade vão longe, não esqueça dos objetivos e do budget já definidos previamente.

 

Passo 04: MONTAR

Chega então o grande dia, a montagem. Se você seguiu todos os passos anteriores, não terá surpresas desagradáveis e tudo ficará mais fácil.

Comece com tudo em mãos: material cenográfico, produtos e ferramentas necessárias. Se for montar com equipe própria defina as tarefas de cada um no grupo e trabalhe em equipe.

Procure montar fora do horário de funcionamento da loja, cubra a vitrine enquanto trabalha com tecido ou papel. Apenas depois de tudo pronto exponha ao público, isso gera curiosidade e surpresa. A vitrine deve surpreender.

Seja detalhista, de ênfase aos produtos e serviços, independente do estilo  de vitrine que criou. Caso seja uma vitrine instagramável, confira se há segurança e resistência para os clientes transitarem por ela.

Não tenha pressa nesse momento, faça tudo com muito cuidado, carinho e dentro do planejado.

 

Passo 05: MANTER

Depois de tudo lindo e funcionando perfeitamente, precisa haver uma manutenção dessa vitrine. O período de duração chega até 40 dias. A cenografia pode se manter a mesma por esse periodo mas os produtos não. Eles precisam ser trocados e deve-se fazer a limpeza também. Chegamos agora ao último passo e as recomendações são:

* Trocar os produtos semanalmente;

* Manter tudo limpo e organizado. Caso retire algum produto para vender, deve ser substituído imediatamente;

* Tudo deve ser precificado.  É lei federal e os clientes ficam mais seguros com lojas que assumem seus preços e apresentam o valor agregado dos produtos e serviços;

* Ja se organize para desmontar a vitrine. Dia 06 de janeiro é a data ideal, não ultrapasse;

Recicle os materiais utilizados, faça o descarte corretamente ou transforme para outra utilidade, mas não guarde para o ano seguinte.  Clientes gostam de novidades e de serem surpreendidos.

Boas vendas a todos!

 

 

Dicas e inspiração de vitrines por Endrigo Pontes, da Vitrail, empresa de visual merchandising parceira do Sindilojas-SP. Para contratá-lo, aproveite o desconto de 30% para associados.

× Como posso te ajudar?