Câmara Pet Shop

Profissionalização pode promover crescimento do mercado Pet

5 de agosto de 2020

Considerado como serviço essencial durante a pandemia que estamos vivendo e com o expressivo aumento de animais adotados nessa quarentena, o mercado pet pode se recuperar mais rápido. Apesar de enfrentar os desafios necessários como a rápida adaptação de procedimentos operacionais, garantir a segurança e saúde do consumidor e funcionários, além de ter uma concorrência ativa, gerando maior necessidade de profissionalização para potencializar o atendimento ao cliente e conquistar resultados ainda melhores.

Pesquisa realizada pelo Instituto Pet Brasil, em 2019, mostrou que apenas 1,8% do mercado pet no Brasil é composto por Mega Stores, 18,6% é composto por lojas de médio porte e 79,6% são formados por microempreendedores, com lojas de vizinhança.

Esse segmento, como qualquer outro do varejo, também precisa seguir os padrões de organização e limpeza do salão de vendas e estoque, além de ferramentas de apoio para manutenção dessa rotina. Independente do porte da loja é preciso ter normas e procedimentos cada vez melhores a fim de oferecer um serviço diferenciado ao cliente, procurando criar um diferencial por meio de um atendimento exclusivo e especial. Estas são variáveis importantes e decisivas para atrair melhores resultados, especialmente em um cenário em que a concorrência é cada vez mais acirrada.

O mercado pet no Brasil é considerado o segundo maior do mundo, ficando ao lado de países como Reino Unido, Alemanha e França, que perdem somente para os Estados Unidos, que ocupam a primeira posição no ranking. Estamos falando de um mercado que movimenta mais de R$ 34 bilhões, com potencial de crescimento, mesmo em um cenário em que diversos outros setores do varejo apresentam retração.

Pesquisa Sindilojas-SP

Pelo levantamento interno do Sindilojas-SP, o setor Pet foi um que solicitou poucas suspenções do contrato de trabalho e/ou redução da jornada de algum colaborador por causa da pandemia de COVID-19.

Essa situação leva a entidade a crer que existe um potencial de crescimento do mercado pet, pois foi um setor que teve o menor impacto frente ao cenário atual, diferente de tantos outros segmentos.

Ao buscar o equilíbrio entre a oferta de produtos e serviços, estabelecendo metas, acompanhando indicadores e desenvolvendo sua força de vendas, o potencial de crescimento é ainda mais promissor. O segredo está na profissionalização do setor para um modelo de gestão e vendas que seja ágil e sistêmico, com processos bem definidos, como já acontece de forma tão presente em diversos outros setores do varejo.

Por isso, aproveite o momento para buscar cursos à distância para se capacitar e capacitar seus colaboradores. Participe ativamente nas lives oferecidas pelo Sindilojas-SP, e envie sugestões de temas que gostaria que fossem discutidos por nossos especialistas.

Quem representa o segmento é o Sindilojas-SP

E lembre-se: o Sindilojas-SP é o legítimo representante do segmento de Pet Shop. Recente publicação no Diário Oficial trouxe a informação de que o pedido de registro sindical requerido pelo SINDPET foi arquivado, cabendo exclusivamente ao Sindilojas-SP a representação do setor.

Aproveite e conheça a Câmara Setorial de Lojistas de Pet Shop

Dúvidas? A equipe do Sindilojas-SP está à disposição pelo 11. 2858-8400,  pelo FALE CONOSCO  ou ainda pelo WhatsAPP 11 2858.8402.

 

×

Olá!

Clique em nosso representante abaixo para conversar pelo WhatsApp ou envie um email para faleconosco@sindilojas-sp.org.br

× Como posso te ajudar?