Gestão

10 estratégias para manter a equipe motivada

9 de abril de 2021

Depois de mais de um ano de pandemia, convivendo com incertezas, demissões e notícias pessimistas, muitas vezes fica difícil manter a equipe motivada. O Sindilojas-SP publica aqui abaixo 10 dicas para manter a equipe motivada, apesar das circunstâncias pandêmicas, elaboradas por Márcia Costa; especialista em gestão de cultura organizacional e Natasha de Caiado Castro; especialista em inteligência de mercado, publicadas pela Revista Consumidor Moderno.

  1. Estabeleça metas e prazos tangíveis

Engajar a equipe em torno de um objetivo em comum traz resultados positivos na motivação do time, porém, isso só funciona quando as metas e prazos são possíveis de serem alcançados.

“Uma equipe se torna coesa quando entende quais são os objetivos que se quer atingir, até onde se pretende chegar e, mais, qual caminho deve ser percorrido para que isso aconteça”, destaca Márcia Costa.

  1. Realize reuniões periódicas com a equipe

Depois de estabelecer prazos e metas tangíveis, é importante realizar reuniões periódicas com a equipe para acompanhamento e orientação dos projetos. Desta forma, o trabalhador não se sente abandonado em sua missão.

  1. Mantenha as câmeras abertas durante as reuniões

Trabalhar isoladamente, de maneira remota e sem contato presencial com colegas de trabalho pode interferir diretamente na motivação da equipe. Por isso, garantir que as câmeras das reuniões virtuais estejam abertas para que as pessoas possam se enxergar é uma estratégia importante.

“O contato visual é muito importante entre a equipe e também faz com que os líderes consigam entender as reações das pessoas, conforme a conversa. Toda essa troca de comunicação – verbal e não-verbal – aumenta o nível de engajamento”, explica a CEO da Wish International.

  1. Seja constante nos feedbacks

Realizar avaliações individuais ou em grupo sobre as ações ou resultados conquistados é outra estratégia importante que contribui para a motivação da equipe.

“É importante que o líder tenha em mente que nem sempre a remuneração é o fator preponderante na motivação das pessoas, mas o reconhecimento por aquilo que elas fazem. O diálogo franco com a equipe e feedbacks constantes sobre desempenho são extremamente importantes para estimular o trabalho”, aconselha a advisor da Levee.

  1. Confie no seu time

Ter confiança no trabalho dos profissionais que compõem sua equipe é fundamental para o sucesso das organizações. “Dê autonomia à sua equipe, estabelecendo confiança e criando times dinâmicos”, orienta Márcia Costa.

  1. “Engage for Good”

Outra estratégia interessante para manter a equipe motivada é promover o engajamento para algo bom, propondo uma ação em grupo capaz de envolver benfeitorias para a sociedade.

“A missão escolhida deve impactar o coração da equipe, que inclui pessoas que podem estar com medo e inseguras devido à pandemia. Isso faz com que o time fique engajado e, assim, encontre um objetivo em comum, já que estará ajudando a sociedade a atravessar este período difícil”, propõe Natasha de Caiado Castro.

  1. Promova a socialização

Atividades que promovam a socialização entre os colegas e toda a equipe e que possam ir além da reunião virtual também são recomendadas para manter a equipe motivada.

“Empresas podem encaminhar alimentos e bebidas para a casa de cada colaborador e criar um churrasco ou outra celebração. Isso, é claro, depende do perfil de cada organização, mas é uma forma de toda a empresa se reunir para conversar via videochamada, realizando a integração”, sugere a especialista em inteligência de mercado.

  1. Use a tecnologia a favor da integração

O uso de tecnologias para integrar e motivar equipes pode ir bem além das reuniões virtuais. A criação de um jogo virtual interativo é uma das alternativas propostas por Natasha de Caiado Castro. “No game, os colaboradores tornam-se avatares dentro de um ambiente virtual. É divertido e gera maior humanização dentro da empresa. O jogo promove também a personificação de cada pessoa, o que traz mais empatia, reconhecimento do outro e sensação de pertencimento, características essenciais neste tempo de isolamento social”, justifica.

  1. Seja transparente

Ser transparente em relação à situação da organização, seus objetivos e dificuldades é outra estratégia importante para dar segurança e diminuir a ansiedade da equipe.
“Se não houver transparência na retórica dos líderes ou da corporação, terá desconfiança.  E em um mundo em lockdown e pandemia, ninguém precisa de mais incertezas”, reforça Natasha de Caiado Castro.

  1. Lidere pelo exemplo

O velho ditado ‘façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço’ é uma ameaça real à gestão de líderes, especialmente durante a pandemia.

“Meu conselho é: lidere pelo exemplo. Seja humano e honesto o suficiente com seus erros e acertos para que sua equipe aprenda com suas experiências”, orienta Márcia Costa.

×

Olá!

Clique no logo abaixo para conversar pelo WhatsApp com o Sindilojas-SP ou envie um email para faleconosco@sindilojas-sp.org.br

× Como posso te ajudar?