Consultoria jurídica e contábil

Desconto salarial devido à greve de transporte público

28 de junho de 2022

Não há previsão legal para abono de falta ou atraso em razão de greve de transportes públicos.

Na prática, no entanto, as empresas não costumam descontar, mesmo que essa situação não esteja prevista na CLT, quando o empregado fica impossibilitado de comparecer ao trabalho devido a esse tipo de circunstância.

Pela falta de previsão sobre o assunto, uma alternativa que pode ser adotada pela empresa em comum acordo com o empregado, é a compensação das horas não trabalhadas.

A greve é um fato público e notório. Assim, cada caso deve ser analisado cuidadosamente. É uma questão de bom senso e razoabilidade.

Dúvidas sobre esse e outros assuntos trabalhistas?

O departamento jurídico do Sindilojas-SP presta orientação às empresas filiadas e associadas, sem limite de consultas. Ligue 11 2858-8400,  FALE CONOSCO  ou ainda pelo WhatsApp 11 2858-8402.

×

Olá!

Clique no logo abaixo para conversar pelo WhatsApp com o Sindilojas-SP ou envie um email para faleconosco@sindilojas-sp.org.br

× Como posso te ajudar?